NAS ESTUFAS DO WISLEY GARDENS TEM UMA BELA COLEÇÃO DE ORQUÍDEAS, APRECIEM.

 Este post já existe neste blogue, repostei para aproveitar as novas tecnologias da atualidade do wordpress, estou testando e aprendendo, depois que passei seis meses sem movimentar o blogue.
Wisley foi fundada por um empresário Victorian  e membro do RHS , George Ferguson Wilson , que comprou uma área de 60 acres (243.000 m²) em 1878.  Ele estabeleceu o “Oakwood Experimental Garden”  na parte do lugar, onde ele tentou “tornar as plantas difíceis de crescer em um sucesso”. Wilson morreu em 1902 e Oakwood (que também era conhecido como Glebe Farm ) foi comprado por Sir Thomas Hanbury ,  o criador do jardim célebre La Mortola na Riviera italiana. Ele deu dois terrenos para o RHS no ano seguinte.

Wisley é agora um jardim grande e diversificado cobrindo 240 acres (971.000 m²). Além de numerosos jardins decorativos formais e informais, várias estufas e um extenso jardim botânico , que inclui em pequena escala, “jardins modelo” que se destinam a mostrar aos visitantes o que eles podem conseguir em seus próprios jardins e um campo de ensaios em que novas cultivares são avaliados.

O laboratório, tanto para a investigação científica como para a formação, foi originalmente aberto em 1907, mas mostrou-se inadequado. Foi ampliado e seu exterior foi reconstruído durante a I Guerra Mundial . 

O número de visitantes aumentou significativamente de 5.250 em 1905, para 11.000 em 1908, 48.000 no final de 1920 e 170.000 em 1957, e passou de 400.000 em 1978, 500.000 em 1985 e 600.000 em 1987. 

Em abril de 2005 Alan Titchmarsh limpou um espaço para marcar o início da construção do Bicentenário da estufa.  Esta grande novidade cobre três quartos de um acre (3.000 m²) e tem vista para um novo lago construído ao mesmo tempo. Ela é dividida em três principais zonas de plantação, representam deserto, climas tropicais e temperadas. Ele foi orçado em £ 7,7 milhões e abriu 26 de junho de 2007.

 

Wisley é um bonito jardim com 240 hectares de extensão, com românticos edifícios no estilo Tudor. O solo é arenoso, principalmente ácido que é pobre em nutrientes e tem drenagem rápida. No jardim tem um canal desenhado por Sir Geoffrey Jellicoe. Um jardim de rochas e paredes, fronteiras mistas, jardim de rosas, jardim selvagem, estufas, um pomar e um viveiro de plantas nativas do país projetado por Penelope Hobhouse.
Fonte : https://en.wikipedia.org/wiki/RHS_Garden,_Wisley
Crédito das imagens:
*By Patche99z – Own work, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=5194694
*By Berit Watkin from Redhill/Surrey, UK – Wisley GardenUploaded by PDTillman, CC BY 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=28187648
*By Berit Watkin from Redhill/Surrey, UK – OrchidUploaded by PDTillman, CC BY 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=28187642
*By Berit Watkin from Redhill/Surrey, UK – OrchidUploaded by PDTillman, CC BY 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=28187642
*By Patche99z – Own work, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=6273015
*http://sbhortsoc.btck.co.uk/WisleyVisit30June2012
Anúncios

JARDINS SUSPENSOS, DE ONTEM E DE HOJE

       Jardins suspensos de ontem: Jardins suspensos da Babilônia

ndredeminas.blogspot.com.br/2011/02/os-jardins-suspensos-da-babilonia-um.html

ndredeminas.blogspot.com.br/2011/02/os-jardins-suspensos-da-babilonia-um.html
A história e a arqueologia se reportam aos primeiros jardins suspensos da Babilônia. Neste caso, o rei Nabucodonosor, apaixonado, mandou construir estes jardins extraordinários para homenagear sua esposa Amitis.
Hoje em dia, em vários países da Europa está na moda ecológica criar jardins nos topos dos prédios com vários objetivos: solucionar a questão da falta de áreas verdes nas cidades e até transformar essas áreas em espaço de convivência. Além do mais os idealizadores acreditam que o ar das cidades ficaria mais puro e a sombra das árvores amenizariam o clima quente da cidade.
Eu achei a ideia muito interessante para ser aplicada em qualquer cidade onde os prédios invadiram todos os espaços. Quem se aventurar a construir o seu, ganha beleza e pulmões aliviados. Inspire-se na seleção que apresentamos e sucesso em seu empreendimento.
AGORA VAMOS PASSEAR NOS JARDINS SUSPENSOS QUE FORAM SURGINDO COM O ADVENTO DA MODA ECOLÓGICA

http://www.nopatio.com.br/ecofriendly/beiruts-wonder-forest-os-jardins-suspensos-do-libano/
 Um projeto de lei em BeiruteLíbano pode mudar a cara da cidade. A concepção fica por conta do escritório de arquitetura Studio Invisible e prevê o cultivo de jardins suspensos em todos os prédios do município.Com apenas 0,8m2 de área verde por pessoa, muito abaixo da recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde), que é de 12m2 por pessoa, o projeto é uma medida para solucionar o problema. 

A execução ficará por conta dos próprios donos dos empreendimentos que serão obrigados a comportarem jardins nas coberturas dos prédios, porém terão subsídios nos impostos quando o fizerem. 

A ideia também prevê o cultivo de produtos alimentícios nos jardins, que poderá contribuir nas compras de alimentos pelos cidadãos, com o cultivo de plantas naturais da região da cidade, como oliveiras e pimenta.

Exemplo no Japão, com 30 mil plantas de 70 espécies http://www.comunidadebancodoplaneta.com.br/profiles/blogs/jardins-suspensos-melhoram-qua

Edifício Altino Arantes, um dos símbolos de São Paulo http://www.comunidadebancodoplaneta.com.br/profiles/blogs/jardins-suspensos-melhoram-qua
               

City Hall, Chicago, EUA. http://www.comunidadebancodoplaneta.com.br/profiles/blogs/jardins-suspensos-melhoram-qua
Antes de terminar vou mostrar mais um jardim suspenso, o do templo mundial da fé Ba-ha’i em Haifa, Israel, religião independente, com leis próprias e escrituras sagradas, surgida na antiga Pérsia, hoje Irã, em 1844. O complexo, que abriga o belo Templo do Bab, impressiona pela grandiosidade e pelo paisagismo dos Jardins Suspensos.
 O quase um quilômetro percorrido através do jardim apresenta uma vista espetacular, formada pelo verde dos gramados, o cinza da cidade e o azul do mar ao fundo. A visita ocorre apenas em grupo e guiada por um seguidor da fé Ba-ha’i. O jardim é uma das poucas atrações recentes em Israel. Ficou pronto em 2001, 14 anos depois de ser idealizado.
Em fim, resta saber se estes jardins estão sendo construídos com base em sua sustentabilidade, porque se não o forem, tem muito pouco de ecológico.
As fontes das fotos já foram citadas nas mesmas.

ESTE FICA EM HAIFA – ISRAEL – http://viajem.net/
Trouxe este post do meu outro blogue,  Agharta Ecológica – link : http://agharta-ecologica.blogspot.com.br/2012/04/jardins-suspensos-de-ontem-e-de-hoje.html

O QUE SE ESCONDE POR TRAZ DOS PORTÕES

http://ojardimsecretodaalma.blogspot.com.br/2010_11_01_archive.html
http://www.glamoureglace.com/2012/03/casa-os-jardins-secretos.html
jardins-secretos-de-amsterdam
http://www.olivre.com/page/23/
http://orquidarioorquiviva.blogspot.com.br/2011_02_01_archive.html
 Jardim secreto da vila Medicea di Castelo na Toscana, observem que fica do lado interno da residência para protegê-lo dos olhares indiscretos por isso fica rodeado por algos muros.


 Durante junho, na cidade de Amsterdam, o Museu Van Loon de Amsterdam organiza o chamado Amsterdamse Open Tuinen Dagen ou Dias de Portas Abertas dos Jardins.


Neste evento todos que quiserem poderão conhecer aquilo que durante o ano se esconde trás as paredes e as portas das residências: seus jardins.


Nestas ocasiões  o visitante pode entrar, descobrir e desfrutar de mais de trinta jardins das casas dos canais que se abrirão ao público. Uma oportunidade única de conhecer aquilo que nem todos os turistas e, incluso, os habitantes locais tem a possibilidade de ver qualquer outro dia.


Acho uma excelente ideia esta, assim, outros mortais podem desfrutar das belezas que de outra sorte jamais conheceriam. Esta ideia deveria ser seguida em outras cidades do mundo e as pessoas só teriam a ganhar.


Além de ter o propósito de ter um lugar que fique resguardado dos olhos estranhos, os jardins tem como objetivo principal proporcionar um recanto aprazível, onde o silêncio, o canto dos pássaros, a presença das borboletas e a beleza das flores sejam o pano de fundo para momentos de leitura, reflexão ou meditação e para tornar estes momentos ainda mais agradáveis costumam acrescentar caramanchões e pérgolas onde poderiam até fazer pequenas refeições.


Acho uma excelente ideia esta, assim, outros mortais podem desfrutar das belezas que de outra sorte jamais conheceriam. Esta ideia deveria ser seguida em outras cidades do mundo e as pessoas só teriam a ganhar.


Outra coisa de grande beleza e romantismo são os portões que separam estes jardins do resto do mundo.

ptio tradicional por Aiken House & Gardens
http://www.projetosdejardins.com/search/projetos-de-jardins-para-casas-de-campo/
ptio tradicional por Aiken House & Gardens
http://www.projetosdejardins.com/search/projetos-de-jardins-para-casas-de-campo/
ptio tradicional por Aiken House & Gardens
http://www.projetosdejardins.com/search/projetos-de-jardins-para-casas-de-campo/
paisagem tradicional por Aiken House & Gardens
http://www.projetosdejardins.com/search/projetos-de-jardins-para-casas-de-campo/