AMANTES DA C. NOBILIOR E DA C. WALKERIANA TERÃO ENCONTRO EM UBERABA

 

Cartaz - Walkeriana 2016

Chega à sua 4ª edição a Conferência dos Produtores e dos Colecionadores da Cattleya nobilior e da Cattleya walkeriana. O evento terá lugar nos dias 19, 20, 21 e 22 de maio próximo, em Uberaba, Mina…

LEIA MAIS…

AQUI.

Anúncios

RAINHA DAS ORQUÍDEAS

Cattleya-labiata1

Uma das histórias mais fascinantes do mundo orquidófilo é a da Cattleya labiata, que foi a primeira Cattleya com flores grandes descrita pelo homem.

No ano de 1818, William Swaison, um coletor de plantas britânico, enviou um lote de plantas ornamentais do nordeste do Brasil para a Inglaterra.

Junto com elas e sem muito destaque vieram bulbos de orquídeas que quando floriram nas estufas de William Cattley causaram enorme sensação entre os amantes das plantas daquela época. Cattley chamou um botânico para descrevê-la e deram-lhe o nome de Cattleya labiata.

 

Swaison, após enviar estas plantas foi até a Região do Rio de Janeiro de onde enviou mais um lote com outras plantas e depois foi para a Nova Zelândia para outra viagem de coletas e desapareceu, levando junto a informação de onde havia encontrado a Cattleya labiata.

 

Especulações na época levaram os colecionadores a acreditar que ela teria sido encontrada perto do Rio de Janeiro e mandaram inúmeras expedições para encontrar o habitat natural desta planta, obviamente sem sucesso pois a mesma havia sido coletada em Pernambuco.

Por mais de 70 anos ela foi tida como “a orquídea perdida” até que em 1889 foi redescoberta por uma pessoa que procurava insetos no interior de Pernambuco e resolveu mandar algumas orquídeas de flores grandes e rosadas para o senhor Moreau de Paris, que estava pagando sua viagem. Haviam localizado o paradeiro da orquídea que tanto havia intrigado os colecionadores europeus!

A CATTLEYA LABIATA É A PERNAMBUCANA RAINHA DAS ORQUÍDEAS

 

Fontehttp://www.orquidariosorchis.com.br/

Crédito da imagem: http://i0.wp.com/www.assope.com.br/wp-content/uploads/2013/03/Cattleya-labiata1.jpg

CATTLEYA (SOPHRONITIS) COCCINEA

Sophronitis coccinea (Lindley)
http://www.plantasonya.com.br/orquideas-e-bromelias/sophronitis-coccinea-lindley.html#more-32694

Cattleya (Sophronitis) coccinea var. caraguatatuba http://bella-orquideas.blogspot.com.br/

Cattleya (Sophronitis) coccinea

http://bella-orquideas.blogspot.com.br/

Este gênero foi estabelecido por Lindley, sua etimologia vem do Grego onde Sophron – castos, modesto, pequeno.

Este gênero possui 9 espécies e tem como características o fato de seu porte ser pequeno, os pseudobulbos agrupados, o labelo séssil, pequenas asas nas laterais da estigmática e a coluna pequena com 8 políneas. O colorido de suas flores é predominantemente vermelho e suas variedades podem possuir as tonalidades rosa, amarelo, vermelho intenso e alba. A última de forma rara. 

Embora não seja um gênero muito extenso em variedades, suas cores, tamanho, forma e delicadeza atraíram o desejo de muitos colecionadores e hibridizadores. 

Atualmente ela é muito utilizada para formar belos híbridos entre eles destacam-se os Sl (Sophronitis x laelia), Scl (Sophronitis x cattleya x laelia) e Sc (Sophronitis x cattleya), plantas de profunda beleza e formosura.

Em 2009, o gênero Sophronitis foi incorporado pela Cattleya.

ORQUÍDEAS QUE FLORESCEM EM MARÇO – I (CATTLEYAS)

O POST ORQUÍDEAS DE MARÇO SERÁ  DIVIDO EM 3 OU 4 PORQUE ESTOU COLOCANDO FOTOS O QUE TORNARIA MUITO EXTENSO. NESTE, AS CATTLEYAS FORAM SELECIONADAS.

    • Cattleya bowringiana

Cattleya bowringiana coerulea x self<span class="cross"></span>
Cattleya bowringiana coerulea x self https://www.orchidweb.com/ products/cattleya-bowringiana-coeruleax self~1117.html
    •  Cattleya dowiana 

Cattleya dowiana v. aurea http://pinecrestgardenguy.blogspot.com.br /2010/08/orchids-in-landscape-part-2-tree.html
  • Cattleya dormaniana 

Cattleya dormaniana http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro: Cattleya_dormaniana.jpg Foto de : Dalton Holland Baptista
  • Cattleya forbesii

http://www.orchidboard.com/community/ cattleya-alliance/34688-cattleya-forbesii- forbesii-alba.html
  • Cattleya eldorado 

http://www.orquidofilos.com/
  • Cattleya bicolor 

http://www.greencorner-al.ru/cattleya.html

Cattleya Guttata

http://www.orchidspecies.com/cattguttata.htm Foto de Wilma Braga
  • Cattleya labiata 
http://en.wikipedia.org/wiki/File:Labiata.jpg

                                 

  • Cattleya velutina
http://www.orquidariovirtual.com /cattleya-velutina/

                          

  • Cattleya violacea 
CATTLEYA VIOLACEA COERULEA http://www.orchidboard.com/community /cattleya-alliance/35940-c-violacea-coerulea.html

CATTLEYA PEDRA DA GÁVEA

Marisa Gavioli, foto e cultivo – http://www.aorquidea.com.br/forum/viewtopic.php?p=107876&sid=033ee1d82892a48525d4b0e81ad7541a
http://orquidariopaterno.blogspot.com.br/2011/06/cattleya-pedra-da-gavea.html
http://www.slippertalk.com/forum/showthread.php?t=26683
CULTIVO E FOTO: ELIZABETH DELFINI
http://blogdabeteorquideas.blogspot.com.br/2013/01/cattleya-pedra-da-gavea-acabei-de-ganhar.html

Cattleya Pedra da Gavea (Cattleya Pao de Acucar X Cattleya Penny Kudora) é un híbrido complejo de 9 gerações.No mesmo intervêm 75% de Cattleyas bifoliadas e 25% está composto por antiquíssimos híbridos de Cattleyas unifoliadas.

A participação de espécies no mesmo é:
C. guttata………….. 25,00%
C. schofieldiana …… 12,50%
C. schilleriana ……… 12,50%
C. aclandiae ……….. 12,50%
C. loddigesii ……….. 12,50%
C. gaskelliana ……… 7,42%
C. mossiae ………… 6,64%
C. trianae …………. 4,69%
C. labiata ………….. 3,13%
C. lueddemanniana .. 3,13%
http://www.tudosobreorquideas.com.br/forum/viewtopic.php?f=60&t=3019