NOVA SURPRESA NO JARDIM – A FLOR BORBOLETA

Quem disse que toda borboleta vira lagarta? Não vira não. Esta que estão vendo aí acima não vira porque é uma linda flor que a natureza resolveu criar para brincar um pouco fazendo coisas exóticas e estranhas mas de qualquer forma muito belas.

Classificação

Nome científico: Clerodendrum myricoides

Nome popular: Flor- Borboleta

Família: Verbenaceae

Origem: Africa

Modo de Cultivo


Arbusto de textura semi-herbácea, ereto, ramificado, de folhas e flores ornamentais.

Inflorescências curtas, com flores azuis e formato que lembra a uma borboleta.

Apropriado para plantios isolados, a pleno sol. É sensível a geadas, sendo mais indicada para regiões tropicais e subtropicais. Multiplica-se facilmente por estacas e sementes.

Aprecia sol,solo fértil bem drenado rico em matéria  orgânica

Na cova de plantio colocar adubo animal de gado ou aves bem curtido, misturado a composto orgânico e acrescentar 100 gramas de adubo granulado tipo NPK formulação 10-10-10, misturando tudo antes de colocar o torrão.

Preencher a lateral com mais composto e apertar ao redor da muda, regando a seguir.

Manter as regas diárias por pelo menos uma semana se não houver chuvas, depois espaçar.

No verão deve-se regar mais seguido, pois é sensível à falta de água.

Tem um formato irregular e pode crescer além do esperado, mas a solução é podar a planta pelo menos duas vezes ao ano para controlar sua dimensão.

Quando realizar a poda também adubar a muda com composto orgânico e adubo animal em partes iguais regando a seguir.

Como fazer mudas?

Para fazer a propagação de mudas pode-se usar as sementes, não muito usada ou estacas de ramos.

As estacas enraizam com facilidade, bastando cortar um ramo e dividi-lo em pedaços de 15 a 20 cm de comprimento, com pelo menos duas gemas, deixando algumas folhas. Enterrar em areia ou casca de arroz carbonizada, mantendo este substrato úmido até o enraizamento.

Transplantar para sacos ou baldes plásticos até a muda atingir pelo menos 0,30 m, quando então poderá ser levada ao canteiro.

Fontes: fazfácil.net, google images

Anúncios

Publicado por

orchidsweb

Embora seja orquidófila de uma orquídea só (só possuo um exemplar) sou apaixonada por flores e entre elas as orquídeas são destaque. Por este motivo resolvi publicar em um blog minhas leituras e pesquisas sobre este tema com o objetivo de compartilhá-los com outros tão apaixonados por flores e orquídeas quanto eu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s