Brassocattleya (Bc) Pastoral Innocence


A Bc Pastoral Innocence, floresceu no Orquidário dos Oliveira. Pode-se perceber pelo sorriso a felicidade de José Oliveira. Vejamos alguns dados a respeito desta orquídea. Ela resultou de um cruzamento feito por Rolf Altenburg em 1960 en seu orquidário, o Florália Orquidários Reunidos em Niteroi Rio de Janeiro.

Rolf foi o pioneiro na hibridização de orquídeas no Brasil. Os híbridos mais famosos são Brassocattleya Pastoral Innocence, Cattleya Sonia Altemburg e Laeliocattleya (Lc) José dias Castro. A Bc Pastoral Innocence foi uma homenagem ao compositor Beethoven, a segunda homenageou sua filha e a terceira, homenagem a um grande amigo

O laboratório da Indústria Farmacêutica Panquímica S.A. em Niterói onde Rolf trabalhava e onde iniciou sua produção de híbridos, fechou mas o orquidário Florália continua há mais de 50 anos, produzindo, principalmente pela técnica de sementeira “in vitro”, agora sob a direção e coordenação de sua neta Sandra ao lado do marido Stephen Chaplin. Seus híbridos continuam conhecidos e cultivados internacionalmente através de seus clones, há mais de 35 anos.

Fotos dos híbridos mais famosos criados por Rolf Altemburg

Fonte: http://www.floralia.com.br

Anúncios

Publicado por

orchidsweb

Embora seja orquidófila de uma orquídea só (só possuo um exemplar) sou apaixonada por flores e entre elas as orquídeas são destaque. Por este motivo resolvi publicar em um blog minhas leituras e pesquisas sobre este tema com o objetivo de compartilhá-los com outros tão apaixonados por flores e orquídeas quanto eu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s